Digitalizando!
Para conter a inflação, Micro e Pequenas empresas do transporte rodoviário apostam na digitalização em plataformas digitais

Segundo estudo da Fretebras, no 1° semestre de 2022 o número de novos cadastros de micro e pequenas empresas aumentou 44% na plataforma, demonstrando um aumento na procura por soluções digitais para transporte dos fretes. As pequenas transportadoras do setor conseguiram se reinventar e se adaptar mais rapidamente às necessidades do mercado (principalmente pós pandemia), em função do seu tamanho e menor investimento em ativos imobilizados, como frotas próprias, além da maior facilidade de incluir a digitalização em seus processos de trabalho. Assim, as micro e pequenas conseguiram aproveitar uma série de vantagens, como por exemplo uma economia de 23% ao utilizar a plataforma da Fretebras frente ao aumento da frota própria.

Os pequenos negócios brasileiros continuam colecionando grandes números em 2022. Nos três primeiros trimestres do ano, a soma da abertura de empreendimentos nos três portes – Microempreendedor Individual (MEI), microempresa (ME) e empresa de pequeno porte (EPP) – chegou a aproximadamente 3 milhões de registros. Os dados fazem parte de levantamento do Sebrae.

O investimento em soluções digitais ajudou as transportadoras a conter a inflação, que é absorvida primeiro pelo motorista (+50%) e em seguida pela transportadora (30-40%). Com isso o consumidor também sente esse peso no final da cadeia.

“A aceleração da digitalização das MPEs se tornou uma realidade a partir da pandemia, quando muitas empresas precisaram inovar para conter os altos custos das operações e o aumento constante da inflação. Desta forma, muitas buscaram por soluções que os ajudassem a manter uma boa gestão das operações. E isso vemos no transporte rodoviário de cargas, que representa de 60% a 70% de tudo o que é movimentado no país”, declara Bruno Hacad, diretor de Operações da Fretebras.

Com a digitalização, as MPEs estão aproveitando algumas vantagens de implementar uma logística mais eficiente, como acesso à informação em tempo real, melhora na gestão dos processos e redução de custos e perdas.

Pensando em ajudá-las neste processo, depois de investir, em dois anos, R$ 800 milhões em tecnologia e produto, a Fretebras entrega hoje uma plataforma completa de gestão da jornada do frete.

“O objetivo é passar de uma plataforma de publicação de cargas para uma de gestão dos fretes de ponta a ponta, desde a contratação do motorista e pagamentos até a entrega da carga. Buscamos levar mais eficiência na contratação de motoristas, com a própria plataforma indicando os mais propensos a aceitarem as viagens oferecidas; maior segurança na operação com o uso de tecnologias de validação dos motoristas com biometria facial; e maior otimização do tempo gasto por operadores acompanhando as viagens dos caminhoneiros, com monitoramento do motorista e da carga, desde o aceite até a entrega”, declara Bruno Hacad.

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ dessa categoria
Mais faixas!

Mais faixas!

Obras de duplicação da Rodovia dos Imigrantes (BR-070) começaram na semana passada

Transporte verde!

Transporte verde!

CNT lança publicação sobre o diesel verde, alternativa de baixo carbono para o transporte rodoviário

Alaska é mil!

Alaska é mil!

HC Hornburg entrega milésimo Alaska para Trilix Distribuidora

+ categorias