Setor liga luz amarela!
Produção de caminhões país em abril tem queda de 41.1% e já começa a preocupar o setor

Todo o ano de mudança de legislação de emissões é “batata”. Com a adoção do Euro 6, os caminhões tiveram uma elevação de preços na ordem de 30% devido as novas tecnologias empregadas. Aí, sobra para o bolso de todos. E sobra para as vendas. Já se sabe que 2023 não será um ano nada fácil.

Os números estão aí. A produção nacional caiu 41.1% em abril em relação a março. Foram 7.255 veiculos contra 12.325. Se pegarmos o acumulado mais queda. No quadrimestre são 31.752 caminhões fabricados. Em relação ao mesmo período de 2022 queda de 28.6%, quando naquela época saíram das linhas de montagem 44.455 unidades.

A situação já começou a preocupar a Anfavea. A taxa de juros não ajuda e o setor já inicia discussões para tentar driblar tal situação e facilitar as compras. “Precisamos acelerar as vendas e estamos discutindo formas de achar uma solução como financiamentos mais atrataivos”, coloca Gustavo Bonini, vice-presidente.

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ dessa categoria
Atendendo a pedidos!

Atendendo a pedidos!

Volvo já oferece caminhões FH que podem rodar com 100% de Biodiesel

De fretado com Volare!

De fretado com Volare!

Estt Brasil Transportes e Turismo compra sete micros Volare para operação de fretamento

Assento reservado!

Assento reservado!

Avança reserva de assento a pessoa com obesidade mórbida no transporte coletivo

+ categorias