BR-163/MT terá aporte!
Assinatura de termo com o governo do Mato Grosso vai permitir investimentos na BR-163/MT

O Ministério da Infraestrutura, por meio da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), assinou nesta terça-feira (4) um termo de ajuste de conduta (TAC) com o governo do Mato Grosso que vai permitir a retomada de investimentos na BR-163/MT. Construída em conjunto entre MInfra e estado, a medida busca garantir o aporte financeiro necessário para as obras de restauração e duplicação da rodovia de forma mais rápida e eficiente.

Importante corredor logístico, a BR-163/MT possibilita o principal meio de escoamento de grãos e leguminosas da região Centro-Oeste. A nova versão do TAC celebrada com a concessionária Rota do Oeste, que deixará a administração da rodovia, dará uma resposta mais imediata aos usuários, diminuindo os gargalos logísticos e o número de acidentes, além de movimentar o agronegócio regional, melhorando as condições de vida da comunidade. Outros benefícios oferecidos pelo TAC incluem o incentivo à redução do frete rodoviário e o aumento de postos de trabalho.

Participaram do evento o ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, o governador do Mato Grosso, Mauro Mendes, o diretor-geral da ANTT, Rafael Vitale, e o presidente em exercício do Tribunal de Contas da União (TCU), Bruno Dantas.

“Na base do diálogo, conseguimos chegar à melhor solução possível para o erário, para o contribuinte e para os milhares de motoristas que usam diariamente a rodovia. O Mato Grosso terá a Infraeatrutura rodoviária que toda a sua população merece”, afirmou o ministro da Infraestrutura.

Com informações Minfra

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ dessa categoria
Olha a multa aí!

Olha a multa aí!

Senatran reforça que motoristas com exame toxicológico atrasado receberão multa de balcão

Saindo mais uma!

Saindo mais uma!

Nova Fiat Strada alcança marco de meio milhão de unidades produzidas no Polo Automotivo de Betim

+ categorias