e-Delivery na prática!
As diferenças de se dirigir um caminhão elétrico no dia a dia

Quem diria que um caminhão elétrico aqui no Brasil iria dar tão certo logo de cara não? Se as discussões em torno do tema “jogavam” a propulsão elétrica para daqui a alguns bons anos a frente, o e-Delivery da VW Caminhões já provou o contrário.

Pudemos conhecer e ver o veículo em sua total performance em São Paulo. E olha, gostei do que vi. Para começar, o cokpit em nada muda dos “normais” Deliverys. Só apenas alguns botões e claro, as informações no painel de instrumentos. Esquece informação de diesel, lá é sobre energia.

Girando a chave, o mais desavisado pensa que o veiculo não ligou. Claro, não pode esquecer que estamos em um caminhão totalmente elétrico. O único som vem de fora, do sistema de arrefecimento das baterias que emite um “zuuuumm” bem de leve.

Bom, colocando no D e saindo para trabalhar. O torque claro, impressiona. São quase 220 kgfm com 408 cavalos de potencia. É só pisar e não terá “senões” com ele. O elétrico vai que vai e sentimos que tem força de sobra (nem precisava tanto, chega-se a pensar) para as ruas. Na versão 4×2 de 11 toneladas estamos falando de 10.700 kg e na 6×2 14 toneladas são 14.300 kg.

Agilidade

E falar em ruas, onde precisa de muitas manobras as vezes, sem problemas. A direção esterça muito bem e você tem agilidade sem esforços. Já viu como esses caminhões operam no dia a dia, principalmente nos “botecos” de bairros? Eles param onde der, tem que manobrar para descarregar e carregar. Então, a direção alivia bem.

No anda e para, nas imperfeições do solo, ponto para a suspensão. A VW Caminhões tratou de colocar todo o sistema pneumático com bolsas de ar que se ajustam eletronicamente conforme a carga. E se precisar de menos resistência, o botão, aquele de cima do texto, suspende a suspensão.

Enfim, o e-Delivery chega com muita força e trazendo o futuro da mobilidade elétrica para o Brasil. Se começar pelas cidades é mais fácil pela questão de estrutura, a VW Caminhões saltou bem na frente da concorrência. E sobre infraestrutura, baterias? Não falamos aqui não. Dá uma “ouvida” em nosso podcast com o Victor Pianca, gerente de produtos e novos negócios da GD Solar, uma das parceiras da VWCO para o e-Delivery, que ele conta tudo para vocês!

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

+ dessa categoria
Rangers: Limited x Storm!

Rangers: Limited x Storm!

Colocamos as duas picapes da Ford em um embate para ver qual seria a melhor opção para levar para casa

+ categorias