Andes já era!
Com uma Ram 1500, brasileira supera os 6 mil metros de altitude nos Andes

No comando de uma Ram 1500 Rebel original de fábrica, a pilota de rali Amanda Vasconcellos tornou-se no último dia 10 de abril a primeira brasileira a superar os 6 mil metros de altitude em uma picape 4×4, na Cordilheira dos Andes, um recorde histórico e homologado. Ao lado do expedicionário e também piloto Renato Perotti, ela atingiu exatos 6.018 metros, com ventos de 75 km/h e temperaturas negativas, de até – 7°C.

Para se ter uma ideia, essa altitude – cerca de 20 mil pés – é equivalente à de um voo em avião comercial. Ao longo da jornada, a falta de oxigênio sempre foi a grande preocupação, pois poderia afetar a capacidade física e cognitiva da equipe. Nesse quesito, o trabalho de aclimatação foi fundamental. E toda a aventura foi documentada na websérie “Desafio dos Andes”, cujo episódio inicial já está no ar aqui no YouTube. As oito partes restantes serão divulgadas ao longo das próximas semanas: episódios 2 a 5 em 15 de junho e os episódios 6 a 9 em 15 de julho.

Além das respostas do poderoso motor HEMI V8 de 5,7 litros e da autonomia do veículo com o grande tanque de 98 litros, outro ponto de atenção foi em relação ao desempenho dos pneus nos terrenos severos dos Andes. Para isso, a equipe pôde contar com a tecnologia e a robustez da linha Grabber, da General Tire, marca norte-americana integrante do portfólio da Continental Pneus e patrocinadora do projeto. 

Além da participação da Ram, que cedeu a picape, a conquista teve o apoio da TSO Brasil (empresa especializada em eventos automotivos) e foi realizada nos arredores do Bonete Chico, montanha no lado argentino da Cordilheira dos Andes, um dos locais mais inóspitos do planeta.

Amanda realizou o feito com uma Ram 1500 Rebel, eleita Picape do Ano 2022 pela revista Autoesporte e a mais potente da categoria no Brasil, com seus 400 cv, câmbio automático de oito marchas, tração 4×4 com reduzida e suspensão elevada, com amortecedores Bilstein. A caminhonete foi calçada com os pneus Grabber X³ na medida 33×12/50 R18, da General Tire. Seu desempenho superior na lama, na terra, em pedras e até na neve – condições enfrentadas no percurso – é resultado de inovadoras tecnologias incorporadas pela marca General Tire. Tanto o veículo como os pneus são completamente originais de fábrica e não passaram por qualquer modificação.

“Na Cordilheira tudo é imenso: as montanhas, o frio, o desafio. Só quem vive essa experiência de conduzir um 4×4 na altitude pode entender o tamanho do esforço e o significado dessa conquista. Aos 40 anos, essa vitória é um dos legados que deixo para as minhas filhas”, celebra Amanda.

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ dessa categoria
Mais faixas!

Mais faixas!

Obras de duplicação da Rodovia dos Imigrantes (BR-070) começaram na semana passada

Transporte verde!

Transporte verde!

CNT lança publicação sobre o diesel verde, alternativa de baixo carbono para o transporte rodoviário

Alaska é mil!

Alaska é mil!

HC Hornburg entrega milésimo Alaska para Trilix Distribuidora

+ categorias