Cuidar das rodovias!
DNIT e Minfra se reúnem com bancada federal de SC para tratar de rodovias do Estado

O ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, e o diretor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), general Santos Filho, se reuniram com parlamentares da bancada federal de Santa Catarina em Brasília para debater assuntos prioritários na área de infraestrutura de transportes do Estado. Participaram da reunião, ainda, o diretor de Infraestrutura Rodoviária do Departamento, Lucas Vissoto; o superintendente regional em Santa Catarina, Alysson de Andrade; o secretário nacional de Transportes Terrestre do Minfra, Felipe Queiroz; e demais integrantes das pastas.

No encontro com representantes do Poder Legislativo, o Governo Federal apresentou os resultados do trabalho realizado no Estado e todo o planejamento e suplementação necessária para as próximas ações nos empreendimentos, como o andamento de melhorias nas rodovias BR-470/SC, BR-280/SC, BR-163/SC e BR-285/SC. As obras na maior parte destes segmentos são realizadas por meio de um Acordo de Cooperação Técnica (ACT) entre o DNIT e o governo de Santa Catarina.

BR-470/SC – Na BR-470/SC, estão em execução no lote 1 obras de duplicação e restauração de 18,6 quilômetros em pavimento flexível, com construção de vias laterais, restauração da pista existente, duas novas pontes e 10 viadutos, além da restauração de três obras de arte especiais. No empreendimento já foram entregues à população 10 quilômetros de duplicação, e a previsão é concluir o eixo principal do trabalho até dezembro deste ano.

Ainda na rodovia, o DNIT trabalha no lote 2 da obra de duplicação de 26 quilômetros, com pavimento flexível, construção de vias laterais, restauração da pista existente, duas novas pontes e 13 viadutos, além da restauração de outras duas pontes. Já foram entregues 18 quilômetros duplicados e a previsão é concluir o eixo principal ainda em 2022.

No lote 3 da BR-470/SC, as equipes atuam na duplicação e restauração de outros 12,91 quilômetros, com pavimento flexível, construção de vias laterais, restauração da pista existente, 10 novas pontes e 21 viadutos. No local já foi entregue o Complexo da Marfisa (três pontes e quatro viadutos) do km 49,5 ao Km 51, e a previsão é que sejam concluídas outras três obras de arte especiais e mais dois quilômetros de duplicação;

O lote 4 das obras da BR-470/SC contam com a duplicação e restauração de 15,4 quilômetros, com pavimento flexível, construção de vias laterais, restauração da pista existente, nove novas pontes e 16 viadutos. No empreendimento já foi entregue o viaduto de acesso ao município de Indaial, e a há previsão de concluir duas obras de arte especiais e outros dois quilômetros.

BR-280/SC – O DNIT também conta com obras em execução na BR-280/SC, dividida em três lotes: no primeiro, há duplicação de 36 quilômetros da rodovia, em pavimento flexível, contemplando a construção de pistas novas, ruas laterais, restauração da pista existente e 28 novos viadutos. Atualmente os trabalhos estão concentradas no contorno de São Francisco do Sul e no viaduto do IFC; no lote 2.1, está em andamento duplicação e restauração de 14,6 quilômetros e construção de pistas novas, ruas laterais, além de sete novas OAEs; e o lote 2.2 trata-se da duplicação de 14,1 quilômetros da rodovia, onde serão feitas pistas novas, ruas laterais, restauração da pista existente e o Contorno de Jaraguá do Sul, além de 18 novas OAEs.

BR-163/SC – A rodovia conta com um lote dividido em dois trechos de obras remanescentes em 47,58 quilômetros, de adequação para ampliação da capacidade. São 3,6 quilômetros no acesso ao Porto Internacional de Cargas e 43,98 quilômetros entre os municípios de São Miguel do Oeste e Dionísio Cerqueira. Do empreendimento já foi entregue o viaduto de São José do Cedro e há previsão de liberação de mais cinco quilômetros ainda em junho.

BR-285/SC – A Autarquia também trabalha nas obras que contemplam 22 quilômetros da BR-285/SC, com implantação do Contorno de Timbé do Sul, na área urbana do município, e a pavimentação da Serra da Rocinha, em pavimento rígido, além da construção de duas pontes e quatro viadutos. As obras de contenção estão em andamento e a previsão é que sejam concluídas até dezembro deste ano.

Com informações Dnit

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

+ dessa categoria
BR-135/MG impulsionada!

BR-135/MG impulsionada!

Pavimentação de trecho da BR-135 permitirá integração regional no norte de Minas Gerais

NTU se posiciona!

NTU se posiciona!

NTU pede medidas efetivas de estabilização do preço do diesel para evitar aumento da tarifa ou redução do transporte público

+ categorias